Minggu, 31 Januari 2010

Cássia Marques, Rosas em Homenagem, 179

"Oi, bom dia pessoal!!!

Bom, minha mãe passa já há mais de 10 anos por problemas psiquiatricos. Com 15 anos tatuei o nome de meu pai que aliás amo muito. Quando fiz 18 anos decidi fazer um par de asa de borboleta nas costas e pensei em escrever o nome da minha mãe, mas por consideração, pois a família achava errado o que havia feito para meu pai e pra ela não.

Foi quando em um momento de lucides, minha mãe pediu que fizesse algo que pudesse lembrar dela com carinho, sem rancor nenhum, e apartir dali olhasse pra aquela tatuagem e lembrasse de como ela era doce também e vivamos bem na maior parte tempo, quando estava cuidado de suas flores. Ela pediu que eu fizesse algumas rosas. Não fiz as asas mas e vi o quanto a amo e que ela me ama também, mesmo que não tenha conciência na maior parte do tempo. Ela é uma parte de mim muito especial e só posso dizer que estou ficando cada dia mais feliz, pois ela esta melhorando e a cada dia que passa temos uma novidade de que ela está vivendo melhor, convivemos com esses resultados vendo ela em casa sem crise e até saindo dos remedios.

Não entendo o que fez ela me pedir para fazer esse desenho mas foi o que nos aproximou e dai indiante a fez melhorar. Só tenho a agradecer.

Valeu pessoal.

Estudio: Vendetta Tattoo
Tatuador: Cristiano"

Cássia Marques


Tidak ada komentar:

Poskan Komentar