Kamis, 04 Juni 2009

A Tatuagem até os dias atuais

A Tatuagem até os dias atuais

No início os corpos eram marcados em rituais de guerra e ritos de passagem para fase adulta. Existia um significado meio primitivo da arte. Isso já acontecia no Egito, na Polinésia, nas Filipinas e na Indonésia por volta de 4.000 e 2.000 A.C. Na idade média, por volta do ano de 787, o papa na Europa baniu a arte de tatuar do continente. O termo "Tatuar", surgiu na França nesse mesmo período. Era chamado de "Tatouage". Nos tempos mais modernos, o termo Tatouage, foi traduzido para o inglês como "Tattoo", pelo assim conhecido capitão James Cook. Quem por umas e outras, também foi o pai do surf.

Mas como surgiu o nome? Bem, um pedaço de osso bem afiado com o pigmento era castigado na pele com a ajuda de um pequeno martelo que fazia um barulho semelhante ao ruído "Tow Tow". Aí surgiu o nome moderno conhecido até hoje!

Com os anos, os marinheiros difundiram a arte. De volta pra Inglaterra, agora em 1879, as tattoo´s ganharam uma conotação com o crime e com a marginalidade. Daí surgiu a forma de se pensar em tatuagem como algo negativo. Em 1891, O´Reilly, nasce como "pai da tattoo moderna". As coisas desse dia pra cá mudaram muito! A tatuagem surge na 2ª Grande Guerra Mundial como amuletos de sorte e lembrança dos soldados e marinheiros dos seus entes queridos.

Aqui no nosso querido Brasil, surge em meados da década de 60 Lucky Tattoo, na zona portuária de Santos em S.Paulo. A localização, contribuiu para uma visão negativa e aversa aos valores da sociedade na época. Associava-se a marginalidade, prostituição, drogas e bêbados à arte da tatuagem! Era mesmo uma vergonha tal comparação. Fico chocado e não consigo entender!

Hoje, com a qualidade dos profissionais, Internet, tv, studios bem cuidados e preocupados com o bem estar dos clientes, a tatuagem não tem mais fronteiras e atinge todas as classes sociais sem nenhum preconceito. Parabéns aos profissionais da arte. Precisamos entender que o que fazemos é algo muito sério e que representa valores ainda mais sérios e mexe com o Psiqué coletivo da sociedade.

Abraços e bons trabalhos!!!

Rodrigo Carvalho - Salvador

Tidak ada komentar:

Poskan Komentar