Senin, 24 Maret 2008

Minha Tattoo 12, Gabriela Masson

Vários motivos levam as pessoas a tatuarem-se, a perda de um ente querido, a demonsração de amor por algo ou alguém, a participação em algum grupo ou mesmo uma leitura, que pode despertar os mais profundos sentimentos em uma pessoa. Confira a história de Gabriela, a 12ª participante do quadro Minha Tattoo.

"Olá, meu nome é Gabriela e moro em Brasília. Tenho 18 anos e apenas uma tattoo de grande significado pra mim. Um dia li um pequeno conto escrito por Marina Colasanti chamado "O Tigre". É pequeno, posso?

Minha intimidade com o tigre era falsa. Embora fosse meu por direito o papel passado. Não confiei. Temi pela intocabilidade do rosto, importância das duas únicas mãos. E mantive o afago leve de quem está pronto a retirá-lo.
No entanto ele nunca me traiu. Em nenhum momento fingiu uma docilidade que não tinha. Nem quando se aproximava em passos longos quase corridos e eu lhe temia o peso. Nem quando erguia a pata retribuindo e afastando minhas carícias. Nem mesmo quando, afirmando sua posse, me transferiu de uma só bocada para o úmido calor de suas entranhas.

Esse conto me tocou de uma maneira absurda, para mim ele é toda a maior verdade absoluta do que é (o) ser humano. Resumindo, nele há descrita a compreensão e amor pela natureza do ser, não existem pessoas boas e más, as pessoas são quem são e não devemos julgar, devemos tentar compreender e amá-las por simplesmente serem.

É ainda mais especial por ter sido eu quem a desenhou. O corpo humano-meio-tigre representa a natureza inegável do ser e sua posição é uma alusão à imagem de Jesus apontando para o próprio coração que achei muito conveniente, expressando a perfeição e pureza e compreensão. Essa tattoo foi feita na costela (Deus, quanta dor!!!!), no estúdio Arte Tattoo em Brasília, pelo Igor A. Bessa."


Gabriela Masson

Participe do quadro Minha Tattoo.

Tidak ada komentar:

Poskan Komentar