Senin, 26 November 2007

A Flor de Lotus, significado

No Antigo Egito haviam duas espécies distintas de Lótus: o Nymphaea lotus ou Lótus Branco e Nymphaea cerulea, a Lótus Azul. A Nelumbo mucifea ou Lótus Rosa, provém da Pérsia e foi cultivada durante o último período do Egito Antigo. Considerada sagrada pelos egípcios, a Nymphaea cerulea aparece constantemente nos hieróglifos egípcios, já a Nelumbo mucifea aparece na arte helenística.

A Lótus se voltava para o leste ao nascer e por isto era considerada sagrada, pois sempre prestava honras ao nascer do sol. Símbolizava o Baixo-Egito e constantemente eram retratadas suas folhas emaranhadas com o símbolo do Alto-Egito, os papiros, nas artes egípcias. Simbolizava-se assim a união das duas terras.

A Lótus simboliza também a morte e ressurreição de Osíris, sendo atribuída também o significado de "renascimento". A citação: "Transforma a ti mesmo num lótus e terás a promessa de ressurreição" é mencionada no "Livro dos Mortos" juntamente com a Lótus. Ao anoitecer a Lótus, ou nenufar, submerge no rio. Ao nascer do dia a flor emerge e novamente floresce. Por isto, simboliza também a criação e o sol.

A Flor de Lótus é constantemente usada em homenagens nas tatuagens. Se você tem uma tatuagem de Flor de Lótus com uma história interessante, participe do quadro Minha Tattoo

Tidak ada komentar:

Poskan Komentar