Jumat, 23 November 2007

A Fenix

Reza a lenda que apenas uma Fenix pode virver por vez. Hesíodo, grego e poeta, afirmou durante o séc. VIII a.C., que a Fênix podia viver nove vezes os anos de vida de um corvo.

Uma pira de ramos de sálvia, canela e mirra era construída pela Fênix ao pressentir a aproximação de sua morte para que pudesse morrer queimada. Das cinzas, renascia ourta ave e esta ave, cuidadosa e piedosamente, colacava então as cinzas da Fênix anterior em um ovo de mirra e com eles, voava até Heliópolis e os depositava em um Altar do Sol.

Acreditava-se que as cinzas poderiam ressuscitar os mortos e em busca da imortalidade, o imperador Heliogábalo comeu carne de Ave-do-Paraíso pensando ser uma Fénix. A ave lhe foi enviada e pouco depois Heliogábalo foi assassinado.

Pesquisadores atribuem o surgimento da lenda no Oriente que foi adaptada pelos sacerdotes do Sol de Heliópolis, simbolizando o diário renascimento do Sol. Já no Cristianismo a ave renascida simboliza a ressurreição de Cristo.

Simbologia

Chineses, gregos e egípcios são exemplos de povos antigos que acreditam na lenda da Fênix. Os significados são comuns nas mitologias: esperança, ressurreição e perpetuação.

Os gregos acreditavam que a Fênix era ligada à Hermes, por isto estão presentes em antigos templos. A relação da Fênix com o Sol é constante. Representa a morte diária do Sol no horizonte para um novo renascimento.

Os povos egípcios a chamavam de Benu e sempre a relacionou à Sótis, uma estrela em chamas de cinco pontas, sempre representada ao lado da Fênix.

Na China a Fênix era retratada como uma linda ave e simboliza a felicidade, a inteligência e a virtude. Em sua plumas, destacam-se as cinco cores sagradas.

No ínicio do Cristianismo a Fênix simbolizava a ressurreição e o renascimento de Cristo ao receber uma nova vida em troca da vida sacrificada pelos homens.

Desenhos de Fênix para tatuagens.


Tidak ada komentar:

Poskan Komentar